Amaranto - Grupo musical






Amaranto

Discografia:


Discografia - Amaranto
cd Quarto Azul

"Quarto Azul":


Entitulado Quarto Azul, o CD, que vem sendo preparado desde novembro de 2010, é considerado pelo Trio Amaranto como o mais autoral. Quarto Azul traz canções de suas integrantes e de seus parceiros mais próximos. A maior parte das músicas do disco leva a assinatura de Marina Ferraz. Ela também fez letras para canções de Tiago Godoy, compositor gravado pelo trio desde o disco Brasilêro. Édil Guedes, também apresentado ao público no mesmo CD, apresenta em Quarto Azul novas canções e parcerias.
cd Retrato da Vida

“Três Pontes”:


A amizade e o entrosamento de Flávia, Lúcia e Marina foram fundamentais para fazer desse trio de irmãs o grupo vocal Amaranto. Seu trabalho começou como uma brincadeira. E como as três sempre levaram brincadeira muito a sério, seguiram adiante, tornando-se um dos grupos vocais brasileiros mais importantes da atualidade.
Em outubro de 2006, o trio lançou seu primeiro CD dedicado às crianças, convertendo em música suas experiências de oito anos de estrada e as vivências de sua própria infância.
Três Pontes liga o Amaranto às crianças da forma mais radical: pela espontaneidade, de maneira imediata, pela já conhecida empatia que o público mirim tem pelo grupo.
cd Três Estações - Caymmi

"Três Estações - Caymmi":


Gravado ao vivo em 2005, no Teatro Alterosa, o CD é uma homenagem a Dorival Caymmi. Nela, a música de Geraldo Vianna se une aos textos de Fernando Brant e ao canto do Amaranto, num passeio por Três Estações. No encontro de Minas com a Bahia, prevalece o amor à própria terra e a emoção do encontro de gerações.
cd Brasilêro

“Brasilêro”:


“Brasilêro” é o nome do terceiro disco do Amaranto, um projeto que busca revelar, desde o título, uma síntese de mineiridade e brasilidade, um modo de ser e um modo de fazer música, um caminho em que o Amaranto intenta, com efeito, manifestar a sua própria singularidade.
À diferença dos trabalhos anteriores, em que o grupo visitou com exclusividade a obra de um único compositor – Djavan em “Retrato da Vida” e Flávio Henrique em “Aos Olhos de Guignard” –, neste disco o Amaranto quis representar, interpretando vários autores – e com a participação de um grande número de ótimos instrumentistas de diferentes cantos do país –, a diversidade, a riqueza de gêneros, formas, timbres e acentos característicos da música popular brasileira. A unidade é, por outro lado, garantida, uma vez mais, pela concepção particular do projeto e pela singular leitura vocal de todo esse material, com o sotaque e a identidade característicos do grupo.
cd Aos   Olhos   de Guignard

“Aos Olhos de Guignard”:


No ano 2000, a convite do compositor Flávio Henrique, o grupo Amaranto participou, juntamente com a cantora Marina Machado, do Prêmio Visa de MPB – Edição Compositores.
Flávio Henrique foi escolhido entre 2754 compositores para participar das eliminatórias do concurso, que previa três etapas. A cada fase, os compositores selecionados tinham de apresentar um repertório diferente, pois o objeto da análise do júri seria a obra e não apenas uma música de cada autor.
Assim, o Amaranto elaborou arranjos vocais para quarteto e, com Marina Machado, chegou à final do concurso e teve a oportunidade de interpretar as canções de Flávio Henrique acompanhado pela Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo, para um público de 1200 pessoas.
Flávio Henrique foi classificado em quarto lugar e sua participação no concurso, assim como a de suas intérpretes, foi muito elogiada pela imprensa paulista.
Com a intenção de registrar essa parceria, surgiu a idéia da gravação de um show, para o lançamento de um disco ao vivo. Assim, surgiu “Aos Olhos de Guignard”.
cd Três Pontes

“Retrato da Vida”:


“Retrato da Vida” é o nome do CD lançado no ano 2000. O disco é uma produção independente baseada na obra de Djavan. Composto por 12 canções, entre elas a canção que batiza o álbum, é o primeiro da carreira do grupo, que tem direção musical de Geraldo Vianna, arranjos de Guilherme Paoliello e Amaranto, e projeto gráfico de Otávio Bretas.

direção musical de Geraldo Vianna, arranjos de Guilherme Paoliello e Amaranto, e projeto gráfico de Otávio.



Para ouvir as canções dos cd's, favor acessar o site: www.amaranto.com.br


Contato para shows: 55 31 3334.4195 / 55 31 9164.7284
producao@amaranto.com.br