Home | Cultural | Dança | Dança Contemporânea | Características das obras de Pina Bausch
Pina Bausch

Características das obras de Pina Bausch


As obras de Bausch são multi-facetadas e criadas a partir de propósitos curiosos, misturas irônicas e muita sensibilidade, geradas a partir da experiência de vida de seus bailarinos, mediadas por seu típico jogo de perguntas.

Em suas apresentações, os bailarinos da companhia estão quase sempre vestidos em elegantes trajes, preparados como para que um grande evento. A repetição de movimentos simples ou frases de movimentos também é um traço característico de seus trabalhos e servem para intensificarem as tendências físicas e emocionais da coreografia.

Temas comuns como a dicotomia inerente nas relações entre homem e mulher, assim como o individual e o grupal, o maligno e o benigno, a comédia vesus a tragédia, é mostrado de uma forma sutil e com bastante criatividade e imaginação.

Não parece ser difícil responder ao trabalho de Bausch- ele é real, desconcertante, confuso,intrigante, como a própria vida. E isso é o que faz com que o público se identifique, tanto com os sentimentos mais dolorosos quanto os mais sutis. Eles são um convite à reflexão, porém sem qualquer julgamento ou atitude moral, mas com um senso de honestidade sobre o que se propõe retratar.

Mais do que qualquer outro coreógrafo deste século, Bausch tem tido o poder de simultaneamente atrair platéias ao redor do mundo e ultrapassar as barreiras de língua e de cultura, sensibilizando multidões com seus trabalhos controversos, polêmicos e excêntricos. Tem sido sua característica peculiar a criação de peças baseadas no estudo de um país e de um povo em específico. De Istambul à Hong Kong, do Brasil a Lisboa, não importa em que ponto do mundo, Pina Bausch vem captando ao longo das suas últimas obras, e fruto das suas residências artísticas, a essência dos lugares e dos seus habitantes. São as cores, cheiros, texturas, sabores, os sons e a música, que marcam a sua impressão desses lugares muito além do visível, e curiosamente, com um humor que não aparecia em obras mais antigas.

De maneira geral, as obras de Pina Bausch apresentam algumas características marcantes e que podem ser pontuadas, como exemplos:

  • Repetição de movimentos;
  • Uso da voz e dos sons do próprio corpo;
  • Improvisação;
  • Movimentos do cotidiano;
  • Movimentos abstratos ou puros usados de forma narrativa, cômica ou mais abstrata;
  • Efeito de distanciamento e momentos cômicos inesperados;
  • Aproximação do real, contra uma representação formal e artificial;
  • Técnicas de colagem;
  • Reflexão sobre as relações humanas;
  • Caos grupal, favorecendo o processo sobre o produto;
  • Uso de elementos do teatro, como cenários, textos, construção de uma dramaturgia;
  • Grandiosidade no quadro cênico ( roupas e maquiagens) que definem papéis sexuais e sociais;
  • Quebra de expectativa no público para movimentos virtuosísticos;
  • Uso do exagero e do absurdo;
  • O corpo é usado para estimular a nostalgia;
  • Não recusa a técnica do ballet, usando-a sim de um forma crítica;
  • Aproveita a experiência de vida dos atores bailarinos;
  • Coloca ações diferentes de forma simultânea no palco;
  • Usa de movimentos repetitivos e estranhos para demonstrar que bailarinos também tem conflitos, não sendo seres “perfeitos”;
  • Transitoriedade de significados em cena;
  • Constante incompletude, busca e transformação em um pensar, sentir, fazer, fragmentado,ao invés de integrado.
  • Texto: Evelyn Tosta
    Bacharel e Licenciada em Dança
    pela Universidade Federal de Viçosa

    Continue lendo:


    Pina Bausch e a Dança - Teatro

    Biografia

    Wuppertal Thanzteather e o processo de criação de Pina Bausch

    Características das obras de Pina Bausch

    Algumas obras de Pina Bausch

    Bibliografias

    Quer falar com a gente? (31) 3281.1196 - Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil / estudio@caleidoscopio.art.br || Produção: Caleidoscópio Multimídia