Home | Entretenimento | Espetáculo | Cia de Dança Palácio das Artes
Cia Palacio das Artes

Nuvens de Barro | Cia. de Dança Palácio das Artes


De 31 de agosto a 3 de setembro, a Cia. de Dança Palácio das Artes traz ao palco do Teatro João Ceschiatti a montagem do espetáculo Nuvens de Barro, com direção de Fernando Martins e Joaquim Elias.

Inspirado no trabalho do poeta Manoel de Barros, Nuvens de Barro estreou em 2016 e retoma as palavras do escritor: “poesia não é para compreender, mas para incorporar”. Fruto de um processo de pesquisa sobre a obra do escritor, o espetáculo foi criado de maneira colaborativa entre os bailarinos da Cia de Dança, com movimentos que refletem o imaginário poético da obra numa coreografia inventiva que alcança o ponto de encontro entre dança e poesia.

A direção de Nuvens de Barro também traz caminhos e olhares amplos: Joaquim Elias e Fernando Martins trabalham unindo experiências distintas na narrativa teatral e da dança, respectivamente. Os componentes cênicos, como figurino, iluminação e cenário, também refletem a interação corpo-objeto, em que coisas se humanizam e pessoas se coisificam. Predominam as referências ao ambiente natural do próprio Manoel de Barros, nativo do pantanal sul-mato-grossense.

A trilha sonora, selecionada por Fernando Martins, mescla o instrumental do compositor Rodrigo Salvador a trabalhos de outros artistas de destaque da música nacional, como Tom Zé.

Cia de Dança Palácio das Artes

Corpo artístico da Fundação Clóvis Salgado, é reconhecida como uma das mais importantes companhias do Brasil e é uma das referências na história da dança em Minas Gerais. O Grupo desenvolve hoje um repertório próprio de dança contemporânea e se integra aos outros corpos artísticos da Fundação – Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e Coral Lírico de Minas Gerais – em produções operísticas e espetáculos cênico-musicais realizados pela Instituição ou em parceria com artistas brasileiros.

Fernando Martins

Natural de Uberaba/MG, tem 28 anos dedicados à dança, nos quais integrou como bailarino e coreógrafo companhias como Galili Dance Company, o Balé da Cidade de São Paulo, Random Collison, Quasar Cia. de Dança e J.Gar.Cia Dança Contemporânea. Hoje se dedica ao aprofundamento de sua pesquisa de linguagem intitulada Brain Diving e a produção musical na área da dança contemporânea na criação de trilhas sonoras personalizadas.

Joaquim Elias

Natural de Pimenta-MG, pesquisa e atua nas áreas de Artes Cênicas e Psicologia. Já atuou como bailarino, ator, diretor, preparador corporal e professor. Estudou temas como Bufão, Clown, Tragédia Grega, Máscaras, Criação de Personagens e Direção. Psicólogo clínico com especialização em Gestalt-terapia pelo Instituto Gestalt de Vanguarda Cláudio Naranjo (MG) e em Biopsicologia pelo Instituto Visão Futuro (SP). Nos últimos anos, dirigiu FRAGMENTOS D´UBU (2015), “Memórias em Tempos Líquidos” (2013), “[gaveta]” (2013( e “Quintal” (2011).

Manoel de Barros

Manoel Wenceslau Leite de Barros foi um advogado, fazendeiro e poeta brasileiro. Nasceu em Cuiabá (MT) em 19 de dezembro de 1916. Escreveu seu primeiro poema aos 19 anos e, a partir daí, cria um estilo próprio. Expoente da geração de 45, Manoel de Barros criou um universo próprio, com construções literárias que não respeitavam as normas da língua padrão. Neologismos e sinestesias sempre estiveram presentes em seus poemas, características comumente comparadas a Guimarães Rosa.

Espetáculo: Nuvens de Barro | Cia. de Dança Palácio das Artes'
Local: Teatro João Ceschiatti, Palácio das Artes
Endereço: Av. Afonso Pena, 1537 - Centro - BH / MG
Data: De 31 de agosto a 3 de setembro
Horário: Quinta e sexta às 20h30 e duas sessões no sabado e no domingo, às 18h30 e 20h30
Classificação etária: livre
Duração: 50min
Ingressos: A entrada é gratuita para visitantes do centro de arte contemporânea
Informações: (31) 3236-7400

Quer falar com a gente? (31) 3281.1196 - Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil / estudio@caleidoscopio.art.br || Produção: Caleidoscópio Multimídia