portal Caleidoscópio

Apresentação:


Marcello Dinis

Release - Marcello Dinis:

Natural de Divinópolis, Minas Gerais, Marcello Dinis é cantor e compositor, da mais fina e autentica Musica Popular do Brasil. Cursou violão clássico e musicalização na Fundação de Educação Artística em Belo Horizonte entre 1982 e 1985.

Integrante do Coral Newton Paiva como barítono, apresentou-se em Concertos, Peças Teatrais, Óperas, Coro de Orquestra e Festivais Internacionais pelo Brasil entre 1985 e 1990.

Premiado em diversos festivais pelo interior de Minas, tem na agenda shows realizados nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Maceió, Recife, Vitória da Conquista(BA), além de ter percorrido mais de 300 cidades de Minas. Gravou seu primeiro disco, o Lp "Balaio de Gato" em 1992, em parceria com Alexandre Az e Sérgio Misan. Deste disco foram vendidas 3.000 cópias e a canção Alô de Londres foi incluída no Cd "Bateia" de 1995, produzido com o melhor da música feita em Minas Gerais à época

Em 1998, junto a seus parceiros Júlio Costa Val e Cassio Tiso, lançou do Cd Claro, em que registra 15 anos de parceria com estes compositores. Hoje este trabalho está com 2000 copias espalhadas pelo Brasil, Europa, Estados Unidos e Japão. A faixa título é uma homenagem ao primeiro lugar conseguido no 1º Festival da Canção de Diamantina em 1983. São dez (10) faixas que transitam pelos mais variados estilos genuinamente brasileiros, com participações especiais de Túlio Mourão, Gê Lara, Lemão, Chico Amaral, Marcelo Lima, Julinho Barbosa, Grupo Tambolelê, além de outros prestigiados músicos mineiros. O projeto gráfico foi realizado pelo design Otávio Bretas com ilustrações do cartunista Aroeira.

Criador e produtor de jingles, foi vencedor de várias concorrências com projeção estadual e nacional de seus trabalhos, entre 1994 e 2002.

Mais informações no site: www.marcellodinis.com.br

Contato para shows: 31 3334.4195 / 8898.3787

Discografia:


Discografia
cd Balaio de Gato

“Balaio de Gato”:


Balaio de Gato é o nome resultante de uma convivência de mais de quatro anos entre os cantores e compositores Alexandre Az, Marcello Dinis e Sérgio Misan. O período de gravação foi de outubro de 1991 a março de 1992, em 16 canais, no estúdio Bemol, em Belo Horizonte. O projeto se caracteriza como um trabalho eclético dos três artistas e de outros músicos e compositores.
cd Claro

“Claro”:


O Cd Claro foi lançado em 1998 no Museu de Arte da Pampulha em Belo Horizonte simultaneamente à exposição de Salvador Dali. O Cd registra A parceria com os compositores Cássio Tiso e Júlio Costa Val. São dez faixas que transitam pelos mais variados estilos, genuinamente brasileiros, com participações super especiais de Túlio Mourão, Gê Lara, Lemão, Chico Amaral, Marcelo Lima, Julinho Barbosa, Grupo Tambolelê, além de outras feras.
cd Central de Minas

“Central de Minas”:


O Cd Central de Minas é fruto da gravação ao vivo de show homônimo acontecido no Teatro do Sesiminas de Belo Horizonte MG, em novembro de 2001. No palco, Marcello Dinis e uma série de convidados especiais. Nos bastidores, equipamentos e profissionais de alto nível da empresa Murilo Corrêa Ltda.
 
 
cd Toca Minas

“Toca Minas”:


O Cd Toca Minas, foi gravado em Belo Horizonte no final de 2005 com a função de registrar composições de Marcello Dinis e Tunico Villani. Produzido de forma independente, com músicos reconhecidos internacionalmente, equipamento profissional e um dos melhores técnicos de Belo Horizonte, Fernando Cabrito. Contou com a presença de músicos como Décio Ramos (UAKTI), Paulinho Carvalho, Claudio Faria, Dinho Mourão, Eduardo Delgado, Tatá Spalla, Alexandre Lopes, Alexandre Az, Marcelo Lima, Julinho Barbosa, Bruno Pimenta, Danuza Menezes, Paulinho Motta e Grupo Zé da Guiomar, e parcerias com Helmut Gondim, Altino Filho, Julio Costa Val, Celeste Brandão, e Soninha Silva. Toca Minas conta com duas faixas instrumentais, executadas com marimba de vidro, que foram incluídas no vídeo institucional do Instituto Airton Senna/2006. A música ”Velho Chico” foi incluída no Programa de Educação Ecológica do Instituto Infantil Despertar/2006, a favor da revitalização do Rio São Francisco. Portanto, este disco já saiu da gaveta com grandes realizações.