Home | Entretenimento | Notas | TOP 5: Melhores vocais femininos
janis joplin
Ao beber na fonte do blues, Janis Jopilin desenvolveu um estilo que é influente até hoje

ann wilson
Ann Wilson dona de um vocal dos mais potentes, com direito a gritos no melhor estilo Ian Gillan

joan jett
Além da voz, o visual meio punk, com roupas colantes de couro e um olhar um tanto selvagem trouxeram Joan Jett na lista

rita lee
A rainha do rock brasileiro Rita Lee

brittany howard
O estilo outsider e nem um pouco sexy de Brittany Howard ficam para trás quando ela abre a boca e canta

TOP 5: Melhores vocais femininos


Os caras da recém-criada banda The Hangovern refinaram a seleção das cinco melhores cantoras de rock do mundo de todos os tempos


Colaborou Leandro Duarte, vocalista do The Hangovern

Não é qualquer um que pode selecionar o fino da bossa quando se trata de música. Para falar sobre as cinco melhores vocalistas do rock mundial de todos os tempos, convidamos os caras de uma jovem banda que desponta no cenário nacional com, a The Hangovern . Falamos jovem porque a banda foi criada em março de 2013 com o lançamento do EP homônimo que apresenta cinco faixas que merecem ser “degustadas” (Moving On, Out of The Track, Gaze Brightness, Sweet California, Heaven or Hell), embora todos os músicos sejam experientes de longa data.

Formada por Leandro Dart/vocal, Marcelo Frey/guitarra, Rafael Romano/baixo e Leandro DeVilla/bateria, os caras que nunca tinham se visto antes na vida, registraram grande afinidade musical com raízes calcadas no hard rock dos anos 1970, no folk e no blues.

Vocês concordam com a lista?

1 Janis Joplin
É impossível não colocá-la no topo. É a rainha do rock! Dona de uma voz única e de interpretação carregada de feeling e emoção. Ao beber na fonte do blues, Janis desenvolveu um estilo que é influente até hoje. Seu disco “Pearl” é daqueles que entram na lista dos álbuns que a maioria levaria para uma ilha deserta. E em grande parte de sua curta (mas intensa) carreira, esteve acompanhada de uma excelente banda de apoio, a Big Brother andthe Holding Company. Janis dosou, como poucos artistas, a doçura e acidez – tão essenciais no rock.


Janis Joplin - Ball And Chain (Amazing Performance at Monterey)

2 Ann Wilson
Em termos de voz, ela é a número 1. Ao lado da irmã, Nancy, fundou, para nós, a maior banda de rock com integrantes do sexo feminino de todos os tempos: o Heart. Na década de 1970, o grupo era conhecido como o “Led Zeppelin” de saias. Apesar de não ser uma frontman vibrante, Ann é dona de um vocal dos mais potentes, com direito a gritos no melhor estilo Ian Gillan. Ela dava conta em um meio dominado pelos marmanjos e numa década ainda machista. Entre as performances marcantes, destaque para Magic Man e Barrucana, além da recente versão de StairwayToHeaven, executada na presença dos próprios integrantes do Led Zeppelin, que aplaudiram o grupo de pé.



3 Joan Jett
Só a atitude desta autêntica roqueira já renderia um lugar na lista. O clássico “I Love Rock N Roll” continua tocando nas rádios do mundo todo. Seu visual meio punk, com roupas colantes de couro e um olhar um tanto selvagem influenciam, até hoje, as novas vocalistas. Todas as vozes femininas do rock que surgiram depois de Jett pegaram um pouco da magia da ex-líder das Runaways, que foi a primeira grande banda formada somente por garotas na história. E que garotas!


Joan Jett - Crimson & Clover / I Hate Myself ( Live )

4 Rita Lee
Não seria justo deixar a rainha do rock brasileiro de fora. Além de ter sido a voz da maior banda do Brasil de todos os tempos, os Mutantes – da qual um de seus fundadores, Cláudio Dias Baptista, é fã assumido da The Hangovern –, ela construiu uma carreira solo bastante sólida e registrou uma avalanche de hits, ao longo dos seus quarenta anos de carreira. Atitude, provocação, letras que viraram hinos de uma juventude e a companhia de músicos de primeira linha sempre foram as marcas desta grande artista.


Os Mutantes - Panis et Circenses

5 Brittany Howard
E representando a nova geração, Brittany Howard é a grande revelação do rock. Seu estilo totalmente outsider e nem um pouco sexy deixa qualquer macho desconfiado e até meio desanimado. Mas quando a moça abre a boca e solta seu vozeirão, os queixos caem ao mesmo tempo. Brittany é dona de um timbre típico das grandes divas do jazz e chega a lembrar Janis Joplin em suas interpretações mais explosivas. Ao lado de uma banda igualmente competente, a vocalista trafega com classe na contramão da mediocridade.


Alabama Shakes - Be Mine (Bing Lounge)

Quer falar com a gente? (31) 3281.1196 - Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil / estudio@caleidoscopio.art.br || Produção: Caleidoscópio Multimídia